Quando e porque reformar o quarto dos seus filhos?

Quando e porque reformar o quarto dos seus filhos?

A mudança na organização do quarto é uma dúvida bastante comum quando os filhos começam a passar pela transição de uma fase para a outra.

Conforme as crianças vão crescendo, as necessidades dos pequenos vão mudando e por isso, adequar os móveis e a decoração são necessários para acompanhar seu desenvolvimento.

 

Fase 1: Bebê para criança

A primeira fase vai desde que o bebê nasce até 1,5 ou 2 anos. Nessa idade a criança já está engatinhando/ andando, já não fica quieta no berço e os pais optam por colocar uma cama. Também iniciam um processo de discernimento entre o que preferem ou não. Nesse momento surgem os temas mais conhecidos: princesas e castelos, florestas e bichos, etc.

As cores do quarto também devem ser repensadas, pois geralmente os quartos de bebês tendem a serem mais neutros e mais claros, mas depois dos dois anos, o ideal é incrementar o quarto com cores mais vibrantes pois incentivam a criatividade das crianças.

Uma outra opção é introduzir as cores na decoração do quarto, como tapetes, almofadas, edredons, quadros, prateleira para brinquedos, adesivos, papeis de parede, etc.

 

Fase 2: Idade Escolar

A partir dos sete anos, a criança inicia o ensino regular nos primeiros anos do Ensino Fundamental e os comportamentos e gostos passam por uma nova forma de mudança.

Chega a hora de fazer novas modificações no quarto pois os personagens favoritos e temas mudam, a criança tem cada vez mais vontade de decidir o tipo de quarto ou decoração que mais gosta. Além dos ajustes na decoração, é necessário fazer ajustes no mobiliário, como uma cama maior, armário, bancada de estudos ou escrivaninha com gaveteiros e cadeira confortável para as atividades escolares.

 

Fase 3: Pré-adolescência

A pré-adolescência, geralmente, corresponde à fase dos 10 aos 14 anos. E essa fase é bem diferente das anteriores pois é o fim da infância e os pré-adolescentes estão com a personalidade bastante definida.

Querem cada vez mais que os seus gostos e preferências sejam respeitados, bem como precisam cada vez mais privacidade no quarto. Nessa fase, os elementos infantis são abandonados aos poucos e uma nova decoração é adotada.

Os móveis começam a ter menos identidades infantis e precisam ser mais úteis. Essa é a fase do entretenimento, das descobertas, dos amigos dormirem em casa, e para isso, alguns elementos são necessários no quarto como TV, videogames, bicama, bancada de maquiagens, computadores, etc.

 

 

Espero que tenham gostado das dicas! A intenção aqui foi ajudar você, a entender melhor o quão importante é proporcionar um ambiente adequado e inspirador para o desenvolvimento das crianças.

Um beijo e até semana que vem!

KA Martins – Cenários para sua história.

 

As imagens usadas nesse post foram retiradas do Pinterest. Se você for autor de alguma dessas imagens, me escreve aqui que coloco os créditos!

 



Relacionados
Hora de tirar o berço: Qual a cama ideal? Hora de tirar o berço: Qual a cama ideal?

27/08/2018


Quando o bebê nasce, a maioria dos pais ainda opta pelo berço. Conforme o bebê vai crescendo, a troca do berço por uma cama é inevitável! E esse é um momento onde os pais mais têm dúvidas, pois, será que a criança já tem autonomia para ter uma cama comum ou ainda devem optar por […]

Adesivo ou Papel de Parede: O que é melhor? Adesivo ou Papel de Parede: O que é melhor?

13/08/2018


Essa é uma duvida frequente e recorrente com a maioria dos meus clientes e vou tentar explicar um pouquinho aqui pra vocês! Adesivos e papéis de parede podem ser usados para compor a decoração de vários ambientes como: sala, home office, quarto do casal, quarto das crianças, lavabos, e se forem usados de maneira adequada, podem […]